Terça-feira, 8 de Maio de 2007

Rosas da calçada

 
Rosas da calçada
( dedicado )
 
 
Destas calçadas
já não sobra calcário
Nem seixos ou areia
 
Já não ecoam saltos
Tão pouco...
tacões cardados e gastos
 
Nestas calçadas...
apenas pálidas pétalas
Sobras de Rosas perdidas
 
Desgostos...
de almas amarradas
De vidas rendidas
 
 
Jorge Assunção
2007 / 05 / 07
publicado por Jorge dAlfange às 22:19
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Nesta dor que sinto...

. Ode ao Mar...

. Poema em Destaque

.

. Break time...

. Frases feitas...

. Coerência...

. Sobre estas pedras...

. Braços cansados...

. Rosas da calçada

. Sindarin

.arquivos

. Outubro 2010

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Julho 2007

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds